A festa dos museus em Famalicão faz-se com Escape Room e Há Noite no Museu

Júlio, um colecionador obsessivo, torna-se suspeito ao analisar por horas infinitas os Museus de Famalicão e é detido tentando roubar o Tríptico «A Vida». Sob interrogatório, ele garante ter informações únicas sobre a autenticidade da obra. No entanto, no decorrer das investigações, descobre-se que as informações que ele possui estão encriptadas! Fechados numa sala em grupos de 2 a 5 pessoas, os participantes têm 40 minutos para resolver os enigmas e descobrir o que o colecionador esconde.

 

De participação gratuita, com obrigatoriedade de reserva em https://desafiotriptico.pt, o Escape Room “Delírios de um Colecionador” vai ficar instalado junto à Central de Camionagem e estará disponível a partir do dia 22 de maio, marcando em Famalicão as comemorações do Dia Internacional dos Museus, este ano organizadas sob a égide do 10.º Aniversário da Rede de Museus de Famalicão.

 
 

De 18 a 22 de maio, a festa será constante nas 11 unidades museológicas de Famalicão. Com uma programação eclética, inspirada pelo tema «O poder dos museus», destaca-se ainda a organização de «Há Noite no Museu», no Museu Bernardino Machado, no dia 18 de maio, a partir das 23 horas, que inclui a apresentação do espetáculo multimédia Sons do Património, do artista St. James Park.

Durante as comemorações, o público escolar vai ser contemplado com oficinas de trabalhos manuais e visitas guiadas na Fundação Castro Alves, em Bairro, no Museu de Arte Sacra da Capela da Lapa, em Famalicão, e na Fundação Cupertino de Miranda, esta última em parceria com o Parque da Devesa, no âmbito do projeto «Encontros Arte e Natureza – Frottage».

 
 

No dia 18 de maio, a Fundação Cupertino de Miranda vai promover, a partir das 14h30, a formação «Curadoria e conservação preventiva», certificada para professores, e com inscrição obrigatória até ao dia 13 de maio, através do endereço: museu@fcm.org.pt.

Também destinado ao público infantojuvenil, mas desta vez aberto à comunidade, o Museu Nacional Ferroviário – Núcleo de Lousado vai receber o teatro de fantoches «As voltas que o mundo dá» com sessões nos dias 18 (10h30 e 14h00) e 22 de maio (15h30).

 

No que refere ao fim de semana, a programação convida para a inauguração da exposição «Fragmento e Movimento do Tempo», de Adriana Henriques, no Museu Nacional Ferroviário no sábado, 21, às 15h00, para o espetáculo de dança «A Dançar com as Máquinas» no Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave no domingo, 22, às 15h00, bem como para visitas orientadas, que mostram os diferentes Museus de Famalicão sobre várias perspetivas.

No dia 21 de maio, o Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave, em Calendário, recebe a conferência «O papel do Museu da Indústria Têxtil na comunidade e no território», com a presença de José Manuel Lopes Cordeiro, diretor científico da unidade museológica e início pelas 15h00. Já o Museu da Guerra Colonial propõe uma visita orientada subordinada ao tema «O papel da Mulher na Guerra Colonial e nos tempos atuais» no domingo, 22, pela mesma hora, enquanto o Museu da Confraria de Nossa Senhora do Carmo de Lemenhe abre as portas no mesmo dia, a partir das 10h00, para falar sobre «Nossa Senhora do Carmo: símbolos e significados».

 

Durante os cinco dias de programação dedicada ao Dia Internacional dos Museus, os museus vão estar abertos das 10h00 às 17h00, de quarta a sexta-feira, e das 10h00 às 12h30 e 14h30 às 17h30, ao sábado e domingo.

Comentários

comentários

Você pode gostar...