Água não aumenta em Famalicão em 2022

Os famalicenses não vão pagar mais pela água que consomem em 2022. A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai suportar o aumento dos custos na aquisição dos serviços às Águas do Norte e o aumento do valor da Taxa de Recursos Hidrícos e Taxa de Gestão de Residuos a pagar ao Governo. Assim, a fatura ambiental dos famalicenses apenas vai encaixar a atualização das tarifas de saneamento de águas residuais e Resíduos Sólidos Urbanos à taxa da inflação, 1,8%.

 

“Será uma atualização mínima, com impacto muito reduzido na fatura dos famalicenses”, refere o Presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, que fala “em mais um esforço do município que só é possivel devido à saúde financeira da Câmara Municipal”.

 
 

Isso mesmo foi confirmado recentemente pela publicação do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses em que Vila Nova de Famalicão ficou em segundo lugar no ranking global dos municípios do distrito de Braga com melhor pontuação ao nível da eficiência financeira. Ao nível dos municípios de grande dimensão, ou seja, aqueles que possuem mais de 100 mil habitantes, Vila Nova de Famalicão posicionou-se com a 5.ª melhor pontuação de toda a região Norte.

“É esta circunstância, assente numa gestão autárquica de grande responsabilidade e equilíbrio, desenvolvida nos últimos anos, que nos permite ter esta sensibilidade social e acomodar a grande fatia dos aumentos de preços”, conclui o autarca.

 
 

Comentários

comentários

Você pode gostar...