Cabeceiras de Basto tem nova Comissão Municipal da Gestão Integrada de Fogos Rurais

Decorreu ontem, dia 14 de abril, na Casa do Tempo, a reunião para a instalação da Comissão Municipal da Gestão Integrada de Fogos Rurais (CMGIFR) de Cabeceiras de Basto e para a aprovação do seu regulamento interno de funcionamento, sessão dirigida
pelo vice-presidente da Câmara Municipal, Fernando Basto, em representação do edil Cabeceirense.

 
cabeceiras de basto


A Comissão Municipal da Gestão Integrada de Fogos Rurais é um órgão de coordenação que têm como missão a execução da estratégia de gestão integrada de fogos rurais, a articulação dos programas de gestão do fogo rural e de proteção das comunidades contra
incêndios rurais, assim como programas conexos de entidades públicas e privadas e o respetivo planeamento à escala municipal.

 
 


No decurso desta reunião foi aprovado o Plano Operacional Municipal (POM) para o ano de 2022. Este plano visa operacionalizar todo o dispositivo da Gestão Integrada de Fogos Rurais assim como ser um auxílio de relevo no planeamento do combate aos incêndios
florestais, razão pela qual é elaborado anualmente e apreciado por esta comissão.


Foi, ainda, aprovado o Relatório de Monitorização do PMDFCI de Cabeceiras de Basto referente ao ano de 2021. Neste ponto importa realçar que no ano anterior registaram-se menos 48% de incêndios rurais e menos 43% de área ardida relativamente à média anual
do histórico do decénio 2011 a 2020. Verificou-se, também, que foram geridos cerca de 587 hectares de combustíveis, o que indica que as metas propostas para o conjunto da gestão de combustíveis possuem níveis de execução superiores ao planeado.

 
 

Sobre este
ponto, os membros da Comissão realçaram o empenho e a articulação demonstrada por todas as entidades participantes nas áreas da prevenção, vigilância e combate aos incêndios florestais durante o ano de 2021.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...