Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso recebeu apresentação dos projetos dos Clubes Comunitários

Os alunos dos Clubes Comunitários da Póvoa de Lanhoso apresentaram os seus projetos, nos Paços do Concelho, onde foram recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal, Frederico Castro, pela Vice-Presidente, Fátima Moreira, e pelo Deputado da Assembleia da República, Gilberto Anjos.

 

Estes responsáveis aplaudiram o trabalho realizado e desejaram às pessoas envolvidas que continuem a fazer a diferença, junto daqueles a quem os diferentes projetos chegaram.

 
 

Localmente, os Clubes Comunitários trabalharam temas no domínio ambiental, de apoio animal e no âmbito da alimentação saudável, bem como, no caso da EPAVE, no domínio da solidariedade para com as crianças ucranianas recentemente integradas no concelho.

No âmbito dos Clubes Comunitários, os jovens  idealizaram, planearam e concretizaram os respetivos projetos de âmbito escolar e/ou local, tendo como intuito o incremento de competências socio emocionais e de desenvolvimento de carreira, mediante o exercício de uma cidadania mais ativa.

 
 

Na Póvoa de Lanhoso, foram quatro os Clubes Comunitários criados, dinamizados por alunos do 10º ano das escolas  de nível secundário de ensino do concelho (Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso e Escola Profissional do Alto Ave – EPAVE), abarcando cerca de 20 alunos, que trabalharam sob a supervisão de docentes e a coordenação dos psicólogos escolares, decorrendo esta ação no âmbito da Rede de Psicólogos da CIM do Ave.

Este momento decorreu, ontem, dia 6 de junho, mesmo antes de estes jovens participarem numa apresentação final conjunta do projeto Clubes Comunitários, na Escola de Psicologia da Universidade do Minho. 

 

Os Clubes Comunitários são uma iniciativa da Associação de Psicologia da Universidade do Minho e das Academias de Conhecimento da Fundação Calouste Gulbenkian, em colaboração com a CIM do Ave (Rede de Psicólogos). 

Os Clubes Comunitários constituem uma intervenção psicológica educacional destinada a promover competências socio emocionais e de carreira, de forma integrada. Pretende-se favorecer as competências de comunicação e interpessoais, o envolvimento com a comunidade e a exploração de interesses de carreira em alunos do ensino secundário.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...