Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos na Póvoa de Lanhoso assinalou Dias Mundiais da Árvore, da Floresta e da Água

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, através do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos (CICC), assinalou o Dia Mundial da Árvore e da Floresta, a 21 de março, e o Dia Mundial da Água, a 22 de março.

 
povoa de lanhoso

No decorrer de diferentes dias, foram dinamizadas várias iniciativas com o objetivo único de sensibilizar a população para a necessidade de proteção do ambiente e dos recursos naturais. Estas propostas fazem parte da programação regular que se pretende dinamizar através CICC, um espaço renovado que reabriu ao público, no início do mês de março.

 
 

Para assinalar o Dia da Árvore e o Dia da Floresta, as propostas foram diversificadas. Para além da propagação de plantas a partir de estacas, as pessoas foram desafiadas a refletir sobre a importância das árvores e a escrever mensagens ambientais em folhas de carvalho alvarinho. Houve ainda tempo para diversas sessões de sensibilização sobre a importância das árvores para o equilíbrio do planeta, reforçando a importância do Carvalho de Calvos como uma Árvore de Interesse Público.

Para assinalar a temática da Água, numa altura em que o problema da seca em Portugal faz parte da atualidade, foram dinamizadas sessões de sensibilização sobre a importância da água para a vida, sobre a urgência de uma utilização racional da mesma e sobre a poluição.

 
 

Nestas iniciativas, participaram vários grupos de primeiro ciclo, grupos de formação e grupos de seniores, de modo a envolver todas as faixas etárias na luta pela proteção da natureza e a incentivar a adoção de uma atitude cívica de respeito pelas árvores, pela floresta, pela água e por todos os recursos naturais essenciais à vida.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...