Empréstimo pessoal online: passo a passo da adesão à aprovação

Se recuássemos duas décadas, seria impensável para a maioria de nós podermos renovar o nosso Cartão do Cidadão, fazer compras ou até pedirmos um crédito pessoal sem termos a necessidade de sair de casa.

 
(Dejan Dundjerski / Shutterstock)

Com o desenvolvimento tecnológico a propiciar a entrada a todo o vapor da sociedade numa era digital, tudo isto tornou-se uma realidade, mas se encomendar e receber o jantar em casa não guarda segredos para a maioria dos portugueses, no caso da contratação de um serviço bancário online de tal importância como um empréstimo pessoal ainda surgem algumas dúvidas.

 
 

Guia para pedir um crédito pessoal online

Como verá neste pequeno guia que preparamos para si, pedir um crédito pessoal online é mais simples do que aquilo que pode pensar e coloca o dinheiro pedido no seu bolso num esfregar de olhos.

Primeiro passo: Procurar um banco/instituição de crédito online

O primeiro passo, como não podia deixar de ser, passa por abrir ligar-se à net e, através de uma simples pesquisa no browser do seu PC ou smartphone, procurar por “crédito pessoal online”.

 
 

No seguimento desta pesquisa irão surgir-lhe inúmeras ofertas bastando-lhe, então, clicar numa delas para entrar na página de crédito pessoal.

Segundo passo: Fazer uma simulação de crédito pessoal

Depois de entrar nestas páginas ser-lhe-á oferecido um simulador de crédito pessoal onde vai poder calcular um pedido de financiamento para o montante e prazos que tenciona pedir.

 

Como referência, deve saber que os valores apresentados num crédito pessoal online variam entre 200€ e 75.000€ com prazos de pagamento que oscilam entre os 6 e os 84 meses.

Para além de, rapidamente, ficar a saber qual a mensalidade que ficará a pagar todos os meses, este simulador dá-lhe também informação sobre,

 
  • a TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global);
  • a TAN (Taxa Anual Nominal) que são aplicadas ao valor pedido;
  • qual será o montante total (MTIC – Montante Total Imputado ao Consumidor) em que terá que reembolsar a instituição para o prazo que escolheu.

Terceiro passo: Preenchimento do formulário e entrega dos documentos

Caso o resultado apresentado após a simulação lhe agradar, é usual existir um botão que diga “Peça Já” ou “Adira Já” que lhe permite passar ao processo de contratação propriamente dito.

Este processo, altamente desburocratizado, é composto por um formulário online onde deve inserir os seus dados pessoais e anexar os documentos solicitados de modo a finalizar o seu pedido de empréstimo.

Entre os documentos pedidos contam-se, normalmente, o(s):

  • Últimos 3 recibos de vencimento
  • Comprovativo de morada
  • Comprovativo de NIB/IBAN

Quarto passo: Aprovação

Como a burocracia envolvida em todo o processo é menor e mais simples, já que tudo é tratado online e de forma autónoma, o crédito pessoal online é mais rápido do que um “tradicional” pedido de crédito num balcão físico.

 

Na maior parte dos casos, após o pedido e preenchimento do formulário, o prazo de resposta à sua solicitação é de entre 24 e 48 horas e, uma vez validado, o montante é depositado na sua conta em alguns dias.

Caso prático

Nada melhor do que utilizar um exemplo prático para lhe dar a conhecer como se realiza todo o processo de pedido de um crédito pessoal online.

De forma a poder proceder às obras de renovação do telhado de sua casa, o Sr. Joaquim decide pedir um crédito pessoal através da Internet.

Após uma rápida pesquisa, o nosso personagem acede à página de crédito pessoal do UNIBANCO, marca da UNICRE – instituição financeira de crédito.

Ao entrar nesta página, o Sr. Joaquim vai encontrar um simulador de crédito pessoal que lhe permitirá realizar uma simulação (com possibilidade de seguro) para valores entre os €5.000 e os €75.000, bem como optar por prazos de pagamento que oscilam entre 24 e 84 meses.

O nosso personagem decide então fazer uma simulação para um pedido de financiamento de 10 mil euros que pretende pagar no mínimo tempo possível, ou seja, 24 meses no caso.

Realizada a simulação, o Sr. Joaquim obtém um valor de mensalidade de 445,46 euros com uma TAEG de 9,5% e um MTIC de 10955,11 euros.

Agradado com o valor da mensalidade, bastará que clique na barra “Peça Já” que o reencaminhará para o preenchimento de um pequeno formulário e escolher a opção “100% digital” para finalizar o processo sem sair de casa.

Para além do preenchimento do formulário, ser-lhe-á ainda pedido que introduza os documentos necessários, valide a sua identidade e assine com um código SMS que será enviado para o seu telemóvel.

Depois destas etapas concluídas e do crédito aprovado, o Sr. Joaquim terá o dinheiro que pediu na sua conta bancária num par de dias.

A simulação apresentada diz respeito a um financiamento de €10.000 a pagar em 24 mensalidades de €445,46. TAN 6,250% e TAEG 9,5%. MTIC €10.955,11.

Comentários

comentários

Você pode gostar...