Executivo Vieirense aprova Regulamento de Apoio à Produção Pecuária de Raças Autóctones

Executivo Vieirense aprova Regulamento de Apoio à Produção Pecuária de Raças Autóctones

 

O Executivo Vieirense aprovou, ontem, em Reunião de Câmara o “Regulamento de Apoio à Produção Pecuária de Raças Autóctones”.

 
 

O Executivo Municipal aprovou este regulamento por entender que a produção pecuária de raças autóctones é muito importante para evitar a extinção das raças autóctones, para a sustentabilidade do meio ambiente e para a promoção e preservação de um património identitário que também assume a vertente turística e gastronómica.

Por reconhecer que a agricultura e a pecuária são dois setores basilares para a economia local e para o desenvolvimento económico do concelho, sendo muitos os agregados familiares vieirenses que dependem da produção pecuária para a sua sustentabilidade.

Pesou, também na decisão, o facto do Executivo vieirense ter assumido este compromisso com os agricutores vieirenses.

 
 

Neste sentido, e segundo o artigo 1º do respectivo regulamento, o Município vai apoiar a defesa e preservação das raças autóctones barrosã e garrana atribuindo o seguinte prémio por cada cria nascida em território concelhio: até 5 nascimentos será atribuído um valor de 40 euros por cada nascimento; de 6 a 20 nascimentos será atribuído um valor de 30 euros por cada nascimento; e para mais de 20 nascimento será atribuído um valor de 20 euros por cada nascimento.

Com a implementação desta medida, O Executivo está empenhado em preservar e proteger esta marca identitária comum, defendendo a sua preservação e apoiando os produtores locais que com grande esforço continuam a permitir que tal património não se perca.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...