Homem passou 40 anos na selva e não sabia que existiam mulheres

Chama-se Ho Van Lang e viveu na selva vitenamita durante 40 anos com o pai e o irmão, desconhecendo a vida para além da floresta e não sabia sequer que existiam mulheres. 

 

O Tarzan da vida real, como é considerado agora, foi levado para a floresta pelo pai, juntamente com outro irmão, depois de uma bomba americana ter matado a mãe e outros dois irmãos durante a guerra do Vietname, em 1972. Nessa altura Ho Van Lang tinha três anos.

 
 

Os três homens foram resgatados da floresta, em 2013, pelo fotógrafo Álvaro Cerezo que contou a história ao news.com.au. Álvaro conta que o pai de Ho Van Lang “tinha uma fobia profunda de regressar [à civilização] uma vez que não acreditava que a Guerra do Vietname tinha terminado”. 

O ‘verdadeiro Tarzan’ ficou confuso quando viu mulheres na altura em que foi viver para uma aldeia onde viviam outras pessoas. De acordo com o fotógrafo, “eles fugiam sempre que viam pessoas ao longe. Mais surpreendente ainda hoje é que, apesar de conseguir distinguir entre homens e mulheres, ele não sabe a diferença essencial entre eles”. Cerezo confirma que “Lang nunca teve o mínimo de desejo sexual e o seu instinto reprodutor nunca foi demonstrado em nenhuma das suas muitas facetas.”

 
 

Agora com 49 anos, o homem ainda tem alguns problemas de socialização, o irmão conta que mesmo depois de Lang se integrar na civilização, ele “caminha três horas até à floresta todos os dias e fica lá desde o início da manhã até ao final da tarde para cultivar frutas e vegetais?.

“Eles fugiam sempre que viam pessoas ao longe. Mais surpreendente ainda hoje é que, apesar de conseguir distinguir entre homens e mulheres, ele não sabe a diferença essencial entre eles”, afirma ainda o fotógrafo. “Posso confirmar que Lang nunca teve o mínimo de desejo sexual e o seu instinto reprodutor nunca foi demonstrado em nenhuma das suas muitas facetas.”

 

In Rádio Comercial/SIC Notícias

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...