Instituto Nacional das Artes Circenses estreia “Local” no Parque da Devesa

O auditório ao ar livre do Parque da Devesa vai estrear no próximo dia 15 de junho, pelas 19h00, o espetáculo “Local”, promovido pelo Instituto Nacional das Artes Circenses – INAC, no âmbito do projeto “Quadrilátero Cultural”. Com entrada livre, mas limitado à lotação do recinto, o espetáculo obriga ao levantamento do ingresso no local a partir de uma hora antes, isto é a partir das 18h00 do dia 15.

 

O projeto Quadrilátero Cultural integra quatro conceitos artísticos em circulação pelos quatro municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. Famalicão irá apresentar o circo contemporâneo e recebe o Ciclo de Piano Contemporâneo de Braga, a dança contemporânea de Guimarães e “Instrumentistas de Exceção” de Barcelos.

 
 

Depois da estreia no Parque da Devesa, o espetáculo segue para Guimarães onde é apresentado a 19 de junho, pelas 19h00, na Praça de S. Mamede. A 27 de junho, pelas 19h00 é apresentado na Frente Ribeirinha em Barcelos e a 3 de julho, à mesma hora segue para o Parque da Ponte em Braga.

O espetáculo “Local” pretende continuar a renovar o conceito de apresentação de circo contemporâneo em espaços não convencionais, criando relação cenográfica e de proximidade com o público e com as cidades, relacionando-se também, com o seu património. “Local” é uma reflexão sobre isso mesmo, mas também sobre a ancestralidade dos territórios onde serão apresentados, encontrando os pontos de encontro entre as várias cidades, o que as une e foi separando ao longo do tempo, através da expressão de uma prática artística que une também disciplinas artísticas e estéticas.

 
 

Esta criação, que conta com a com direção artística e encenação de Bruno Machado e Juliana Moura e interpretação de artistas nacionais e internacionais (Diogo Santos, Mau Jara, Pietro Barilli, Gaspar Ribeiro, Victor Abreu, Martina Mugheddu), cenografia de André Filipe Santos, composição musical de Luca Argel, é também ela um cruzamento de referências, nacionalidades e experiências, cuja fusão resultará na experimentação de um objeto artístico incomum, em espaços de apresentação incomuns e do dia-a-dia dos habitantes e visitantes, como são o Auditório do Parque da Devesa, em VN de Famalicão, ou os locais dos centros históricos como são a Praça S. Mamede em Guimarães, o Parque da Ponte, em Braga e a Frente Ribeirinha em Barcelos, que prometem imagens únicas.

O Quadriátero Cultural é um projeto financiado pelo programa operacional NORTE 2020, através do FEDER [Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional].

 

Workshop “Bastidores

O espetáculo “Local” é acompanhado do laboratório “Bastidores”, dirigido por Bruno Machado e Juliana Moura, tendo como base a desconstrução do processo criativo do espetáculo e o desenvolvimento de públicos para as artes performativas e circo contemporâneo.  O workshop proposto, baseia-se na reflexão sobre a metodologia utilizada no processo de criação, através do vídeo-documentário e a videoarte, usando igualmente alguns dos exercícios efetuados durante o período de criação do espetáculo, aproximando a comunidade do processo criativo do espetáculo e sensibilização artística para o circo contemporâneo. 

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...