IX Concurso de Bandas Filarmónicas de Braga conta com participação grupos de todo o país

Oito bandas filarmónicas, oriundas de várias regiões do país, vão participar nos próximos dia 26 e 27 de Novembro, no IX Concurso de Bandas Filarmónicas de Braga, que se vai realizar no Espaço Vita. A entrada é livre, estando sujeita a levantamento de bilhete no local.

 

Este é um evento organizado pelo Município de Braga, com a colaboração da Associação de Festas de São João, a Afinaudio e a Sons do Clássico.

 
 

No sábado, 26 de Novembro, pelas 15h30, pisará o palco a Banda Musical de Gondomar, seguindo-se pelas 16h30 a Banda Musical de S. Cipriano “A NOVA”, de Resende. Pelas 17h30, apresenta-se em palco a Banda de Música B.V. Póvoa de Lanhoso e a encerrar o dia, pelas 18h30, a Sociedade Filarmónica de Instrução e Cultura Musical de Gançaria de Santarém. No domingo, 27 de Novembro, o concurso abre, pelas 10h00, com a actuação da Banda Musical de Arouca. Pelas 11h30, segue-se a Banda Musical de Fajões, de Aveiro. Da parte da tarde, actuam, pelas 14h30 a Banda Musical de Monção e encerra pelas 16h00 a Banda Musical de Loivos, de Chaves. A ordem de actuação das bandas foi ditada por sorteio.

Pelas 17h00, a Banda Musical de Cabreiros apresenta-se no auditório para realizar o concerto de encerramento, seguindo-se, pelas 18h00, a sessão solene de entrega de prémios.

 
 

Nesta 9.ª edição serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados das duas secções, nomeadamente o Prémio “Batuta de Prata”, ao maestro com pontuação mais elevada e a entrega do registo em CD da participação a todas as bandas.

Este ano, o júri concurso será composto pelo maestro Manuel Fernando Marinho Costa; Antonio Saiote; Javier Viceiro-Filgueira; Maxime Aulio e Samuel Pascoal, que farão a avaliação das actuações.

 

O evento é já uma marca distintiva da dinâmica cultural Bracarense, pela visibilidade que dá à música e às bandas filarmónicas junto das comissões de festas de todo o país.

Com o objectivo principal de contribuir para o desenvolvimento das associações musicais do distrito, bem como auxiliar ao intercâmbio entre estas e outras filarmónicas do território nacional, o concurso terá este ano duas secções e, para além de uma peça de aquecimento e de uma peça livre, todas as bandas terão que interpretar uma peça obrigatória.

 

No que diz respeito à primeira secção, a peça obrigatória é “Manhattan Symphony”, do compositor Serge Lancen (1922-2005). Para a segunda secção, a peça obrigatória é “Braga por um Canudo” composta pelo compositor Samuel Pascoal.

De referir que este concurso tem vindo a registar um crescimento sustentado, constituindo-se já como uma imagem de marca do Concelho de Braga. Além de contribuir para a formação de públicos e dar visibilidade à música filarmónica, o concurso tem o condão de divulgar o trabalho que as bandas realizam enquanto centros de ensino da música, reforçando a importância que estas instituições têm no desenvolvimento cultural das regiões onde estão inseridas.

PROGRAMA IX CONCURSO DE BANDAS FILARMÓNICAS

26 Novembro – 2.ª Secção

 

·        15h00 Abertura Oficial do Concurso 

·        15h30 Banda Musical de Gondomar

·        16h30 Banda Musical de S. Cipriano “A Nova”

·        17h30 Associação Banda de Música dos B. V. da Póvoa de Lanhoso

·        18h30 Sociedade Filarmónica de Instrução e Cultura Musical de Gançaria

·        19h15 Fim das apresentações da 2ª Secção

27 Novembro – 1.ª Secção

·        10h00 Banda Musical de Arouca

·        11h30 Banda Musical de Fajões

·        12h15 Fim das apresentações da manhã

·        14h30 Banda Musical de Monção

·        16h00 Banda Musical de Loivos

·        16h45 Fim das apresentações da 1ª Secção

·        17h00 Concerto de encerramento – Banda Musical de Cabreiros

·        18h00 Sessão solene de encerramento e entrega de prémios

Comentários

comentários

Você pode gostar...