“Morto pela Indiferença” RENÉ ROBERT morreu congelado na rua, em Paris

O fotógrafo René Robert, de 84 anos, morreu de hipotermia, depois de ter desmaiado e de ter ficado caído numa rua parisiense durante nove horas, sem receber ajuda. O incidente aconteceu na noite de 19 de janeiro.

 
rene
DR

O artista saiu de casa em direção à “Place de La République”, no centro da capital francesa. No caminho sentiu-se mal, desmaiou, caiu e ficou assim durante nove horas. Quando os bombeiros chegaram ao local, o homem já tinha morrido de hipotermia, segundo o jornal “El País”.

 
 

Segundo inúmeras reportagens nos meios de comunicação social franceses, ninguém parou para ajudar Robert quando este caiu desamparado no meio de uma rua movimentada da capital francesa. De acordo com o amigo do fotógrafo Michel Mompontet, Robert morreu graças “à indiferença” das pessoas.

“Os bombeiros, alertados por um sem-abrigo, chegaram ao local por volta das 6.30 horas da manhã”, disse Mompontet à televisão francesa France Info. “[Robert] ficou ao frio durante mais de nove horas, sozinho, até morrer. A equipa médica do hospital de Cochin não foi capaz de o reanimar”.

 
 

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...