Município Povoense aprova acordo de gestão com a IP para projeto da via circular urbana

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso aprovou o acordo de gestão com a Infraestruturas de Portugal (IP) no âmbito da elaboração do projeto de execução da via circular urbana.

 

O documento foi aprovado em sede de reunião de Câmara, no dia 24 de maio. Recorde-se que o Presidente da Câmara Municipal, Frederico Castro, tem, reiteradamente, apontado a criação da via circular urbana como a principal concretização do seu mandato e o processo ultrapassa mais uma etapa. 

 
 

Trata-se aqui da execução da via circular à EN103 e à ER205, a qual, de entre outros aspetos, irá permitir à Póvoa de Lanhoso, para além de consolidar a malha urbana, aumentar a capacidade de atrair investimento; e proporcionar melhores vias, maior fluidez de trânsito, sobretudo de pesados, e acessos mais simples e fáceis que aproximam a Póvoa de Lanhoso a Braga, capital de Distrito, ao município de Fafe e ao Parque Nacional da Peneda – Gerês. 

A proposta do Presidente da Autarquia foi aprovada por unanimidade na reunião de Câmara realizada na freguesia de Ferreiros. A sessão ficou ainda marcada pela aprovação dos termos da contratualização de dois empréstimos, que irão traduzir-se numa franca melhoria de equipamentos públicos: por um lado, o empréstimo de 700 mil euros, referente às obras de Requalificação dos Edifícios Escolares da Póvoa de Lanhoso; e, por outro lado, o empréstimo de 90 mil euros, destinado à aquisição de Equipamentos para a Piscina Municipal Coberta, no sentido de colmatar os graves problemas de funcionamento desta infraestrutura.

 
 

Do ponto de vista das respostas sociais, destaca-se o alargamento do Apoio ao Arrendamento, de forma a que possa chegar a um maior número de agregados familiares; e a aprovação do Regulamento das Hortas Comunitárias, projeto que está assim pronto para sair do papel. Referência ainda para o apoio financeiro ao Centro Social e Paroquial de Monsul, para custear as obras de requalificação e alargamento das respostas prestadas por esta entidade.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...