Obra de arte “Néctar dos Deuses” inaugurada sexta-feira na Adega Cultural de Vila Verde

O Município de Vila Verde inaugura na próxima sexta-feira, 17 de junho, a obra de arte “Néctar dos Deuses”, da autoria do escultor Pedro Figueiredo. A obra vai ser apresentada na Adega Cultural de Vila Verde, numa cerimónia agendada para as 15h00, com a participação da presidente da Câmara Municipal, Júlia Rodrigues Fernandes. 

 

A obra “Néctar dos Deuses” é uma homenagem a “Baco, deus do vinho”, resultando do desenvolvimento de um programa de intervenções artísticas e comunidade, ao abrigo do projeto “No Minho não há Aldeia melhor do que a minha”, financiado pelo EEC Provere Minho Inovação e promovido pelo consórcio MINHO IN que integra os 24 municípios da região. 

 
 

Vencedor de vários prémios, Pedro Figueiredo é um escultor natural da Guarda. Participou em diversas exposições individuais e coletivas. Está representado em diversas coleções públicas e privadas em Portugal, Espanha e Cuba. Tem ainda trabalhos permanentes em espaços públicos em diferentes cidades, nomeadamente Coimbra, Guarda, Cascais, Havana e Madrid. 

Na descrição da escultura que vai integrar a futura Adega Cultural de Vila Verde, explica-se que a obra, que ficará suspensa em frente a uma parede em pedra, assume “formas do passado, mas também a visão da escultura contemporânea”. Baco apresenta-se com uma tijela em faiança, na mão direita, e um cesto em vime cheio de uvas, na mão esquerda. 

 
 

Comentários

comentários

Você pode gostar...