Póvoa de Lanhoso instala estátua da Maria da Fonte em Fontarcada

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso procede, Domingo, 29 de maio, à instalação da antiga estátua da Maria da Fonte na freguesia de Fontarcada. O momento está marcado para as 16h00, junto à Igreja Românica de Fontarcada.

 

Da autoria de Jorge Ulisses, esta estátua, que resulta da mobilização da população, esteve inicialmente colocada no centro da Vila da Póvoa de Lanhoso, tendo a inauguração ocorrido a 15 de agosto de 1978. Contudo, em 1996, viria a ser substituída pela que atualmente reproduz a imagem de Augusto Távora.

 
 

O ano 2022 ficará marcado pela instalação desta representação da heroína da Póvoa de Lanhoso na freguesia de Fontarcada, uma aldeia estreitamente relacionada com a Revolta da Maria da Fonte. Um desejo manifestado, no passado, pela própria Junta de Freguesia.

A exibição final da curta-metragem “Inquietação” (29 de maio, às 17h00, no Salão Paroquial) assinala a conclusão do POVOAR.TE – Maria da Fonte, iniciativa dinamizada pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, entre os dias 21 e 29 de maio.

 
 

O programa compreende ainda, no sábado, dia 28 de maio, a atribuição do Prémio Maria da Fonte. A cerimónia está marcada para as 21h30, no Theatro Club.

Na ocasião, serão distinguidas sete personalidades Povoenses, do género feminino, com destaque em diferentes áreas de atuação de foro local, nacional e internacional e que, por essa forma, honram, prestigiam e promovem as gentes e as terras da Póvoa de Lanhoso. Estas mulheres serão galardoadas nas seguintes categorias: Desporto, Saúde, Educação, Cultura, Ambiente, Desenvolvimento Económico e Prestígio.

 

A iniciativa POVOAR.TE – Maria da Fonte evocou esta figura identitária da Póvoa de Lanhoso. O programa compreendeu a antestreia, estreia e exibições descentralizadas, em estabelecimentos escolares e em quatro freguesias do concelho, da curta-metragem “Inquietação”, produto final do projeto CULTURA.IN.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...