PSP faz balanço da campanha “Phone Off – A conduzir não uses o telemóvel”

A Campanha de Segurança Rodoviária “Phone Off – A conduzir não uses o telemóvel” da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP), decorreu nos dias 23 de fevereiro a 1 de março e teve como objetivo alertar os condutores para as consequências negativas e mesmo fatais do manuseamento do telemóvel durante a condução.

 
Carro


Na área de jurisdição do Comando Distrital de Braga da PSP e em nota enviada à nossa redação, foram fiscalizados 668 veículos, tendo sido registado um total de 309 infrações, das quais 58 relativas ao manuseamento do telemóvel
durante a condução.

 
 


Na campanha foram transmitidas as seguintes mensagens:
 A utilização do telemóvel, durante a condução, aumenta 4 vezes o risco de ocorrência de
acidente de viação;
 A distração ocorre quando duas tarefas mentais, conduzir e utilizar o telemóvel, são
executadas ao mesmo tempo o que provoca lapsos de atenção e erros de avaliação.
 O uso de aparelhos eletrónicos durante a condução causa dificuldade na interpretação da
sinalização e desrespeito das regras de cedência de passagem, designadamente em relação
aos peões.


Relembramos que a coima pelo uso do telemóvel durante a condução é de €250 a €1.250, subtraindo
três pontos na carta de condução.

 
 

Comentários

comentários

Você pode gostar...