Santo António regressou a Amares com muita força e dinamismo social, cultural e económico

As Festas D´Amares regressaram na sua plenitude e em grande força para celebrar o Santo António, brindando a população local e visitantes com muita animação, tradição, celebrações religiosas e grandes provas desportivas. O programa foi pensado para todos os gostos e idades, com a premissa de manter vivas as raízes concelhias, bem como reforçar laços entre a comunidade que, durante 5 dias, voltou a sair à rua, para celebrar com muita folia o santo padroeiro e a vida. As festas concelhias em honra de Santo António serviram ainda para reforçar a dinâmica económica do concelho.

 

“As festas de Santo António são um ponto alto do calendário de eventos de Amares que muito orgulham o concelho”, sublinhou o Presidente do Município de Amares, Manuel Moreira, destacando “o enorme sucesso desta edição que mobilizou em massa o concelho e muitos visitantes”. “Foram dias muito intensos, de muita alegria e animação com um programa forte que permitiu uma dinâmica muito interessante para o nosso concelho. Estes momentos fortalecem os laços da comunidade e permitem uma dinâmica económica que também é fundamental”, referiu Manuel Moreira.

 
 

Para João Andrade, Presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares o balanço é “extremamente positivo”. “Após dois anos de interrupção devido à pandemia, tínhamos receio de como as pessoas iam receber as nossas festas concelhias. Não imaginaríamos uma adesão tão grande. Uma imensa multidão celebrou e festejou connosco, apesar de uma edição mais contida, a nível de orçamentação”, começou por referir. “Esta edição superou, e muito, as nossas expectativas. Os amarenses corresponderam em massa e juntos fizeram uma edição memorável. Foi uma festa feita para todos, com uma programação pensada ao pormenor para abranger vários públicos. O objetivo foi mais que cumprido”, concluiu.

“O Santo António voltou em grande, com muita adesão, muita dignidade e muita animação” refere o Vereador do Turismo do Município de Amares, Delfim Rodrigues, que acompanhou de perto a preparação das festividades em articulação com a AFAA. O Município de Amares “orgulha-se” pelo investimento que voltou a fazer nas festas concelhias que foram um verdadeiro sucesso e congratula a AFAA pelo “excelente” trabalho que fizeram em tão pouco tempo. “Uma saudação especial a esta equipa pela boa gestão e organização que fez em apenas três meses de preparação das festividades. Em tão pouco tempo tivemos esta magnífica festa e isso é de louvar. É sinal que Amares tem muito para dar”, acrescentou, deixando um agradecimento a todos aqueles que se envolveram na concretização do programa e a todos quantos acorreram às Festas D´Amares. 

 
 

Programa variado e com forte aposta na prata da casa

Os cinco dias das festas concelhias de Santo António ficaram marcados por vários momentos especiais, com principal destaque, diz a AFAA, para “as nossas Marchas Antoninas que, apesar do pouco tempo de preparação, superaram todas as expectativas com os seus trajes e coreografias fenomenais, e para a Majestosa Procissão, que foi assistida por milhares de pessoas”.

 

Os concertos da Bárbara Bandeira, do Toy, do Turb’Ó Baile e dos Supa Squad foram também importantes para trazer pessoas a Amares. Todos eles tiveram milhares de pessoas a assistir, acrescentam. “Além disso, também destacamos o trabalho das associações, dos artistas de Amares e instituições, como a Banda Filarmónica de Amares, o Mini Cortejo de Andores de Sto. António, o grupo de folclore, as concertinas, as escolas de música e bombos, entre muitos outros. Foi um programa vasto, com cerca de 30 atividades/concertos, em apenas 5 dias”, refere João Andrade.

32º Grande Prémio do Minho / 64º Circuito de Ciclismo de S António

 

A 3ª etapa do 32º do Grande Prémio do Minho, que este ano se inseriu no tradicional Circuito de Santo António de Amares, dando a vitória a António Morgado, foi outro dos grandes momentos das festividades.

“O balanço é extremamente positivo. Não tinha a noção deste impacto. A Câmara Municipal fez um investimento acrescido este ano, mas vale a pena. O ciclismo está muito enraizado em Amares. Não é por acaso que o Circuito de Santo António de Amares é o segundo mais antigo do país. Foi uma aposta ganha e estamos todos de parabéns pelo que conseguimos fazer. E uma palavra para os ciclistas pelo trabalho, empenho e força que tiveram por essas serras acima”.

Manuel Moreira acompanhou na caravana o GP Minho e confessou “gostei imenso de acompanhar o pelotão na caravana. Uma coisa é vermos de fora, outra é participar na corrida. Este é um aparato gigantesco e espetacular e só quem tem muita experiência consegue fazer disto um grande espetáculo. Uma palavra de apreço à ACM, FPC e à GNR, porque fizeram um trabalho excelente”.

Comerciantes com balanço muito positivo

 

Já tivemos a oportunidade de falar com alguns comerciantes e ficamos muito satisfeitos em saber que a edição deste ano foi das melhores de sempre a nível económico. Estas festas tiveram um impacto brutal na dinamização económica dos restaurantes, das casas de turismo rural, dos cafés e dos bares”, sublinha o Presidente da AFAA.

Comentários

comentários

Você pode gostar...