Teatro comunitário regressou à igreja de Balugães

O adro da Igreja Românica de São Martinho de Balugães, em Barcelos, encheu para o espetáculo de teatro comunitário TERREIRO. Depois da residência artística levada a cabo durante o mês de julho, no passado sábado a aldeia de Balugães e a companhia de teatro local, o Teatro de Balugas, levaram à cena um trabalho que procura refletir sobre as aldeias envelhecidas, despovoadas e a evolução da paisagem rural, marcadas pelas monoculturas e pela escassez da água, como retrato da realidade que afeta o próprio território do espetáculo.

 

Nas palavras do diretor artístico da companhia de teatro, Cândido Sobreiro, “o TERREIRO é também essa consciência necessária ao meio que o rodeia, e o teatro comunitário tem esse poder de alertar as pessoas”. O projeto “TERREIRO – teatro comunitário” é desenvolvido no âmbito do Programa Cultura para Todos numa Cidade Educadora Inclusiva, promovido pelo Município de Barcelos e cofinanciado pelo Fundo Social Europeu através do Programa Norte 2020.

 
 

Comentários

comentários

Você pode gostar...