Criança dirigiu-se ao Papa e pediu para ter o seu solidéu que após muita perseverança conseguiu

A audiência-geral desta quarta-feira, no Vaticano, ficou marcada por um momento insólito. Depois de um sacerdote ler o evangelho, uma criança decidiu sair da plateia, dirigir-se ao Papa Francisco e pedir-lhe o seu solidéu branco.

 

Já depois de o sumo pontífice, que estava sorridente, lhe estender as mãos, a criança foi convidada a sentar-se, mas não desistiu e decidiu levantar-se novamente e dirigir-se ao Papa Francisco. Sem conseguir realizar o seu desejo, a criança falou com o clérigo atrás do Papa e apontou para o solidéu, fazendo-lhe o pedido, que não foi correspondido.

 
 

Disposto a lutar até ao fim, num momento que gerou risos entre a plateia, o rapaz foi ter com o padre brasileiro que tinha acabado de subir para ler o evangelho em português e puxou-o pelo braço até Francisco. Nada feito. Sem se querer sentar, o rapaz acabou por sair acompanhado.

A audiência continuou e o Papa abordou o momento. “Agradeço a este menino pela lição que nos deu a todos. Que o Senhor o ajude na sua limitação, no seu crescimento, porque ele deu este testemunho que veio do seu coração. As crianças não têm um tradutor automático do coração para a vida: o coração continua”, disse.

 
 

Mas a história não ficou por aqui e a criança provou que a perseverança dá frutos. Pouco depois voltou junto de Francisco com um solidéu igual ao seu e regressou à plateia.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...