Grupo Casais constrói 1º Edifício Hibrido da Peninsula Ibérica

Guimarães recebe, o primeiro edifício de construção híbrida (madeira + betão) da Península Ibérica, com a chancela do Grupo Casais para quem a inovação e a construção sustentável são uma prioridade.

 
casais
DR/Casais


Uma unidade hoteleira do Grupo B&B Hotels, está a ser construído na freguesia de Azurém, junto ao Campus da Universidade do Minho, com assinatura do arquiteto Mário Fernandes.

 
 


Este é um projeto que contempla várias soluções off-site que integram preocupações de sustentabilidade ambiental, ao nível da saúde ocupacional dos futuros utilizadores e ainda relativamente à eficiência energética.


Segundo a Casais “É o primeiro edifício desta dimensão que armazena carbono e permite uma redução de 60% das emissões, incorpora interiores numa filosofia de economia circular onde 50% dos materiais podem ser reutilizados no final do ciclo de vida. Além disso permite uma redução de resíduos em 70% e da poluição sonora em mais de 50%, além de reduzir os prazos de execução em 50% em comparação com o tradicional. Contribui ainda para o aumento da qualificação profissional e a redução de riscos e acidentes.”

 
 


“Estes projetos são o exemplo vivo do tipo de relação que o Grupo Casais pretende estabelecer com os seus clientes. Procuramos oferecer, desde a fase de desenvolvimento do projeto, soluções que vão permitir a execução de obra com maior fluidez, cumprindo os objetivos e a visão do cliente.


Procuramos em conjunto criar soluções construtivas que oferecem um equilíbrio entre a qualidade e a funcionalidade, com especial enfoque nos temas relacionados com a operação e a manutenção. Numa época de escassez de recursos qualificados esta é a única solução que garante uma satisfação de todas as partes envolvidas num projeto de construção.” refere António Carlos Rodrigues CEO Grupo Casais.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...