Quantcast
 

Guimarães assinala Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Fórum Municipal da Pessoa com Deficiência vai assinalar o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência com um conjunto de iniciativas.

 

Sob o lema “Consciencializar para incluir”, o programa iniciou-se a 25 de novembro com uma oficina da responsabilidade do Projeto “Estórias de Madeira” promovido pela Because I Care e a Plural e Singular sobre o Estatuto do Cuidador Informal que teve lugar na Escola das Taipas. Esta mesma oficina irá repetir-se ao longo do programa, nas escolas de Abação e Fernando Távora e Cercigui.

 
 

A Associação Plural e Singular promoverá ainda no dia 2 de dezembro na EB 2,3 Fernando Távora a oficina “Trocar por Miúdos” que tem como finalidade promover os direitos das pessoas com deficiência.

No dia 1 de dezembro, os utentes do Centro de Atividades Ocupacionais do Centro Social de Brito entrarão com os jogadores do Vitória Sport Clube no jogo com o B-SAD, envergando uma t-shirt do Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência. Igualmente, no dia 7 de dezembro, uma delegação do Vitória visitará os alunos da escola inclusiva, Fernando Távora.

 
 

Entre os dias 5 e 9 de dezembro, o Laboratório de Automação e Robótica do Departamento de Eletrónica Industrial da Universidade do Minho fará a adaptação de brinquedos para crianças com necessidades especiais.

No dia 6 de dezembro ocorrerá no Paço dos Duques, a apresentação do livro, “Nasci de novo-Como o meu cão-guia Zangão transformou a minha vida” de autoria de Jorge Paiva e com acompanhamento ao piano por Miguel Madeira. A sessão terminará com a apresentação da música e do vídeo clip “Também Sonho como tu” de autoria de Marco Génio. sob a coordenação do Município de Guimarães, por via do seu Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência.

 

No dia 7 de dezembro, pelas 10h30, e após o período de isolamento provocado pela COVID 19, retomar-se–á a Caminhada Inclusiva, que contará com a ampla participação das pessoas integradas nas respostas sociais e das escolas, que apelarão, uma vez mais, aos transeuntes, para a necessidade de se observar os direitos das pessoas com deficiência. A Caminhada partirá do Paço dos Duques, atravessará algumas das principais artérias da cidade e concluirá o seu percurso no Largo da Câmara, com a leitura do Pregão.

Ainda no dia 7 de dezembro, a Cercigui fará uma demonstração de judo adaptado na escola das Taipas que se repetirá no dia 14 aos alunos da EB 2,3 João de Meira.

 

No dia 12 de dezembro, a Associação Salvador, no âmbito do projeto “* + Acesso para Todos- Por Comunidades mais inclusivas”, do qual o município é investidor social, promoverá o “PeddyPaper + Acessível” que contará com a participação de alunos de várias escolas do concelho e que terá inicio no Largo da Câmara Municipal.

O programa encerra no dia 17 de dezembro, na Sociedade Martins Sarmento com a entrega dos brinquedos adaptados às crianças com necessidades especiais pelo Laboratório de Robótica da Universidade do Minho.

Comentários

comentários

Você pode gostar...