Jardim do Monte Latito em Guimarães reconhecido com Prémio Bandeira Verde

O Jardim do Monte Latito foi galardoado com o prestigiado Green Flag Award (Prémio Bandeira Verde), como resultado de uma candidatura bem sucedida do Município de Guimarães e do Laboratório da Paisagem. Este prémio é atribuído através de um programa de acreditação internacional que, em todo o mundo, reconhece e recompensa parques e espaços verdes pela sua gestão.

 
Jardim


Aquele espaço, que alberga três importantes monumentos nacionais, o Castelo de Guimarães, o Paço dos Duques de Bragança e a Igreja de São Miguel e duas árvores classificadas como de interesse público, vê assim reconhecido o esforço efetuado ao longo dos últimos anos. 

 
 


No seu relatório, o júri internacional elogiou a gestão do Jardim do Monte Latito, visível na limpeza e cuidado verificados. O júri salientou ainda a nova rota da biodiversidade, um trabalho conjunto entre o Município de Guimarães, o Laboratório da Paisagem e o Paço dos Duques de Bragança, que resultou na criação de um percurso interpretativo que permite ao visitante conhecer melhor a flora existente num espaço singular, repleto de história, mas também de biodiversidade. 


O Prémio Bandeira Verde (Green Flag Award) teve origem em Inglaterra em 1996, tendo já atribuído o galardão a mais de 2.000 parques públicos, jardins e espaços verdes em 16 países de todo o mundo.

 
 


O Jardim do Monte Latito integra a lista anunciada, com 29 vencedores de oito países, nomeadamente da Bélgica, França, Alemanha, Países Baixos, Espanha, Suécia e Turquia.

O Prémio Bandeira Verde é gerido internacionalmente pela Keep Britain Tidy, instituição ambiental sem fins lucrativos do Reino Unido, em parceria com uma rede de parceiros nacionais de todo o mundo. 2021 marca o 25º aniversário do Prémio. Uma lista completa dos vencedores pode ser encontrada na página do Prémio Bandeira Verde em www.greenflagaward.org.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...