Sistema de bicicletas partilhadas chega a Braga

A Cidade de Braga já dispõe de um sistema de bicicletas elétricas partilhadas, numa parceria estabelecida com a BIRD. A apresentação decorreu esta Segunda-feira, dia 19 de setembro, no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade.

 

Olga Pereira, vereadora da Mobilidade, explicou que, nesta primeira fase, serão disponibilizadas 60 bicicletas. “A Câmara Municipal continuará a trabalhar para criar e reforçar alternativas de mobilidade que permitam uma escolha por modos mais suaves e ativos de mobilidade. Estas são as primeiras 60 bicicletas que vamos disponibilizar. Após uma avaliação, este número poderá duplicar”, salientou a vereadora.

 
 

O lançamento das bicicletas elétricas partilhadas demonstra, segundo a vereadora, o compromisso do Município de Braga em apostar na mobilidade suave, oferecendo assim aos Bracarenses e visitantes um novo modo de transporte alternativo ao automóvel. “Estamos a trabalhar num protocolo com a BIRD que privilegie os trabalhadores do Município com um desconto na utilização das bicicletas e queremos estender esse benefício às empresas signatárias do pacto de mobilidade”, acrescentou Olga Pereira.

O sistema de utilização é idêntico ao das trotinetes: os utilizadores terão de abrir a aplicação da Bird e seguir os passos indicados, devendo no final da viagem estacionar as bicicletas elétricas novamente nos pontos de estacionamento designados para o efeito.

 
 

As bicicletas vêm equipadas com um motor de alta potência, capaz de ajudar os utilizadores a subir declives com até 20% de inclinação, sem fazerem esforço extra. Para além disso, apresentam um computador de bordo, tecnologia de geovelocidade, geolocalização e pneus pneumáticos, características que garantem tratar-se de bicicletas seguras, inteligentes e eficientes.

Olga Pereira explicou ainda que, desde o início do mês, que as trotinetes têm visto a sua utilização mais regulada, uma vez que está em vigor um sistema que obriga a que elas sejam estacionadas nos locais designados para o efeito.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...