ANÚNCIO DE NOVA PONTE ENTRE VILA NOVA DE FAMALICÃO E TROFA: SERÁ DESTA?

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, na Assembleia da República, anunciou uma nova ponte sobre o rio Ave, que ligará os concelhos de  Vila Nova de Famalicão e Trofa, anunciando a sua conclusão no início de 2025.

 


São reconhecidos os problemas de mobilidade entre estes concelhos, a saturação e a falta de condições das vias rodoviárias necessárias. Tratam-se de concelhos densamente povoados e com actividades económicas de grande dimensão. Prova disso, é o congestionamento e o tráfego diário da Ponte da Lagoncinha. Pela sua localização, serve de alternativa diária, tanto a veículos ligeiros como pesados de mercadorias e de transporte, pois esta permite a ligação entre os municípios de Vila Nova de Famalicão, Trofa e Santo Tirso, sendo ainda um acesso ao nó da A3.

 
 


Não só pela urgência desta alternativa, mas também pela preservação de um monumento nacional, há vários anos que o PCP, quer na Assembleia da República, quer no plano local, vem reclamando repetidamente a concretização da variante à EN 14 na travessia da Trofa (V. N. de Famalicão/Trofa/Maia). Os alertas e propostas do PCP têm vindo a encontrar a resistência dos sucessivos governos do PS e do PSD/CDS, que não têm dado tradução prática às “boas intenções” que de quando a quando os seus responsáveis expressam. A título de exemplo, já em Julho de 2010, o então Deputado do PCP à Assembleia da República Agostinho Lopes questionou o governo sobre projetos para a construção de uma alternativa à ponte, requalificação ambiental da zona envolvente e o início das obras do troço variante poente EN14 até à cidade da Maia.


A única garantia que temos neste momento é que o Orçamento de Estado que está a ser debatido na Assembleia da República não contempla nenhuma verba para esta obra tão necessária. Estamos a falar, ainda, da intenção de lançamento de um concurso público, apenas.
O PCP continuará empenhado na defesa da melhoria das acessibilidades entre estes concelhos, estará atento ao cumprimento dos compromissos assumidos e reclamar os troços a Norte da Trofa e de ligação a Vila Nova de Famalicão

 
 

Comentários

comentários

Você pode gostar...