Quantcast
 

Guimarães inicia projeto piloto de recolha seletiva multimaterial porta-a-porta

Guimarães inicia na próxima segunda-feira um projeto piloto de recolha seletiva multimaterial porta-a-porta em 250 habitações, através da entidade gestora RESINORTE e com o apoio da Junta de Freguesia de Urgezes.

 
reciclar

Este é um primeiro passo para os vários alargamentos da recolha seletiva porta-a-porta que se pretende implementar no concelho, dado a adesão da população e o aumento substancial das quantidades recolhidas seletivamente através dos programas já implementados na recolha seletiva porta-a-porta.

 
 

Este projeto abrange um sistema de recolha porta-a-porta de papel/cartão e embalagens de plástico e metal, através de “sacos” que serão distribuídos pela RESINORTE. O vidro deverá ser separado e colocado em vidrões. A entrega dos sacos (ecobags) será efetuada pela Junta de Freguesia de Urgeses e podem ser levantados de segunda a sexta-feira no período da tarde.

As recolhas acontecem duas vezes por semana: às segundas e sextas-feiras, a partir das 20 horas

 
 

Nesta fase inicial, os arruamentos abrangidos da freguesia de Urgezes são:

– Rua Francisco Santos Guimarães;

 

– Rua Carlos de Oliveira

– Urbanização da Cerca Nova;

 

– Rua Jerónimo de Almeida

– Rua Padre Alexandre Neves

– Rua Comendador Manuel pereira Bastos

Com o mote “Agora separar os resíduos é ainda mais fácil” inicia esta quarta-feira a campanha de sensibilização, de modo a apelar a uma correta separação, informar sobre a periodicidade de recolha e procedimentos de deposição.

 

Este é um projeto de continuidade de outros como o PAYT ou o RRRCICLO que Guimarães pretende otimizar e alargar de forma a potenciar a reciclagem no concelho e superar os metas e objetivos nacionais.

Comentários

comentários

Você pode gostar...