Município de Esposende deu a conhecer os programas educativos

A Câmara Municipal de Esposende promoveu hoje uma sessão que formalizou o início do ano letivo, dando a conhecer os programas educativos do Município, nos quais se inclui o projeto “Mais Cidadão” que tem por base a integração de todos os projetos e atividades de cariz educativo do concelho, numa filosofia que privilegia o trabalho em rede.

 
esposende


Trata-se de um projeto agregador e com informação sistematizada para todas as escolas, envolvendo quer as atividades a desenvolver no âmbito da comemoração dos 450 anos de Esposende, assim como as atividades pensadas especificamente para complementar a oferta educativa das escolas e as atividades dirigidas à ocupação de tempos livres, durante as pausas letivas.

 
 


As atividades de promoção da cidadania em contexto escolar disponíveis num e-book, divididas em três grupos de domínios, num total de 16 áreas de intervenção distintas vão envolver crianças e jovens, desde o Jardim de Infância até ao Ensino Secundário em 112 atividades.


“Assume-se a contínua aposta no desenvolvimento de programas, projetos e atividades de qualidade que potenciem o desenvolvimento de todos os cidadãos e, de uma forma muito particular, das crianças e dos jovens do nosso concelho, completando e enriquecendo a ação pedagógica das escolas. Para tal, conta-se com a importante parceria dos diversos agentes educativos, sociais, culturais e
desportivos locais”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

 
 


Organizadas de acordo com a Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania (ENEC), as atividades pressupõem a integração nos projetos de Autonomia e Flexibilidade Curricular das escolas, em convergência com o perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória e com as aprendizagens essenciais.

“O Município promoverá uma série de programas, atividades e eventos educativos de âmbito muito diversificado, integrando dimensões como a educação cultural e artística, a educação para a cidadania, a educação para a saúde e desporto, a educação ambiental e para a sustentabilidade, a educação para a segurança, entre outras, difundidos junto dos alunos em suporte digital”, adiantou Benjamim Pereira.

 


O autarca referiu ainda que, no âmbito da revisão da Carta Educativa, em curso, e realizada a fase de atualização do diagnóstico socioeducativo e da rede municipal atual, decorre a fase de calibração da programação que será analisada em sede de
Conselho Municipal de Educação, ainda este ano.


Estas ações complementam-se com os diversos apoios disponibilizados pelo Município de Esposende para a Educação, num total superior a seis milhões e meio de euros.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...