Portugal lidera tabela de execução* de fundos comunitários

Portugal terminou 2021 a liderar o ranking dos Estados-Membros com melhor execução dos fundos comunitários, segundo a nota enviada à nossa redação.

 

Entre os países com orçamentos superiores a 7 mil milhões de euros, Portugal recebeu já 68,4 % de pagamentos por reembolsos da Comissão Europeia.  

 
 

*Execução medida em termos de despesa certificada

Com 68,4 % do valor da sua dotação total para o período 2014-20 reembolsada pela Comissão Europeia após a certificação da despesa correspondente, Portugal apresenta um nível de execução acima da média da UE em sete pontos percentuais. Há Estados-Membros que se encontram a uma distância considerável dos níveis alcançados por Portugal:

 
 

Este é o resultado da forte aceleração da execução dos fundos registada em 2021, tendo sido alcançado o segundo melhor desempenho de sempre em termos de execução anual, pelo que estão criadas todas as condições para o aproveitamento pleno do Portugal 2020 até 2023, ano de encerramento do quadro comunitário.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...