UMinho conquista Prémio Inclusivo Erasmus+

A Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação vai distinguir esta terça-feira a Universidade do Minho com o Prémio Inclusivo E+ 2021 – Ensino Superior. A cerimónia é pelas 11h40, no âmbito do “VI Seminário Erasmus+ Equidade e Inclusão”, que se realiza na Escola Profissional Amar Terra Verde (Vila Verde) e online.

 
Universidade do Minho

Este prémio distingue anualmente as instituições beneficiárias e os projetos Erasmus+ que se têm destacado a promover a inclusão no âmbito do Programa Erasmus+ e nos diferentes setores educativos. Neste sentido, aquela Agência reconhece a UMinho e o seu Serviço de Apoio à Internacionalização “pela dinâmica de funcionamento de sucesso, que aproveita diferentes sinergias e canais de comunicação para favorecer e incentivar a participação das pessoas com necessidades especiais, o que se tem traduzido num aumento da participação destas no Programa e nas ações de mobilidade individual”.

 
 

No âmbito dos projetos coordenados pela UMinho e agora premiados, o “Erasmus+ 2019-23” e o “Erasmus+ 2020-23”, foram aprovadas candidaturas ao Apoio Financeiro/Apoio à Inclusão para estudantes com necessidades especiais ou que se encontram a realizar um período de mobilidade no estrangeiro.

Várias distinções recentes

 
 

A UMinho tem obtido várias distinções da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação nos últimos anos. Em dezembro de 2019, recebeu o prémio Projeto Inspirador Erasmus+, no âmbito do “University of Minho Overseas Mobility Experience – UMove (ME)” e, no ano seguinte, o prémio Boas Práticas Erasmus+ 2020, pelo projeto “Higher Education Student and Staff Mobility”. Neste período, a UMinho renovou também, com a avaliação de “Excelente”, a Carta Erasmus para o período 2021-2027, a qual é considerada um selo de qualidade para cooperação europeia e internacional no ensino superior.

O “VI Seminário Erasmus+ Equidade e Inclusão” inicia pelas 9h30 e conta com intervenções da secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, da diretora da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação, Ana Cristina Perdigão, do diretor da Erasmus Student Network International, Wim Gabriels, e da presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Sandra Ribeiro, entre outros.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...