Cava faz balanço do projeto ” Cava e as pessoas Centenárias de Vieira do Minho”

A associação CAVA tem vindo, ao longo dos anos, a fortalecer movimentos de cidadania; a abraçar causas sociais, e a entusiasmar-se com a cultura, refere esta associação em nota enviada à nossa redação.

 

Segundo Filipe de Oliveira, presidente do CAVA “Fruto desta forma de estar, promovemos, no início de 2021, um projeto designado “CAVA e as Pessoas Centenárias de Vieira do Minho”, onde elevamos os Vieirenses com mais de 100 anos de vida.”

 
 

Filipe de Oliveira faz desta forma o balanço de mais uma atividade promovida pela associação Cava,” Do Mosteiro a Ruivães, passando pela sede de concelho, Agra e Salamonde, saltam histórias que marcaram famílias e abarcaram a vida das próprias comunidades.

Em plena pandemia, queremos celebrar a vida, homenageando, deste modo, os nossos centenários. São pessoas com história e sabedoria. Registamos as suas expressões, histórias e momentos inesquecíveis.

 
 

Ouvimos estes centenários vieirenses e “enriquecemos” as nossas vidas. Os seus momentos inesquecíveis são enriquecedores e as expressões são contagiantes.

Em suma, a nossa missão passa por levar, até todos, pequenos pedaços da pessoa idosa. Infelizmente, dois dos centenários partiram, na reta final do projeto. Mas serão, sempre e para sempre, recordados.”

 

A associação CAVA tem vindo, ao longo dos anos, a fortalecer movimentos de cidadania; a abraçar causas sociais, e a entusiasmar-se com a cultura, refere esta associação em nota enviada à nossa redação.

Segundo Filipe de Oliveira, presidente do CAVA “Fruto desta forma de estar, promovemos, no início de 2021, um projeto designado “CAVA e as Pessoas Centenárias de Vieira do Minho”, onde elevamos os Vieirenses com mais de 100 anos de vida.”

 

Filipe de Oliveira faz desta forma o balanço de mais uma atividade promovida pela associação Cava,” Do Mosteiro a Ruivães, passando pela sede de concelho, Agra e Salamonde, saltam histórias que marcaram famílias e abarcaram a vida das próprias comunidades.

Em plena pandemia, queremos celebrar a vida, homenageando, deste modo, os nossos centenários. São pessoas com história e sabedoria. Registamos as suas expressões, histórias e momentos inesquecíveis.

Ouvimos estes centenários vieirenses e “enriquecemos” as nossas vidas. Os seus momentos inesquecíveis são enriquecedores e as expressões são contagiantes.

Em suma, a nossa missão passa por levar, até todos, pequenos pedaços da pessoa idosa. Infelizmente, dois dos centenários partiram, na reta final do projeto. Mas serão, sempre e para sempre, recordados.”

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...